Há muito o que saber antes de contratar um serviço de nuvem, depois de entender o conceito é importante saber quais modelos de nuvem existem e como adotar o mais adequado e seguro para sua empresa.

No artigo anterior, foi citado a plataforma de infraestrutura como serviço (IaaS) ou plataforma como serviço (PaaS), ainda não vamos aprofundar nessas plataformas, foi só um meio de nos direcionarmos.

O que queremos tocar é a Nuvem Híbrida… no começo da mudança é comum a insegurança e o ideal é manter os dois cenários.

Então somente para entendimento, formar uma nuvem hibrida é preciso antes entender a nuvem pública e a nuvem privada, pois a nuvem hibrida é o equilíbrio das duas, mas vamos por parte:

Nuvem pública – nesse modelo um fornecedor de serviços de nuvem de terceiros fornece o serviço através da internet. Geralmente é feito sob demanda e os clientes pagam pelos ciclos.

Exemplos clássicos: Google e Amazon.

Nuvem privada –  nesse modelo, os serviços são entregues de um centro de dados da empresa para seus usuários internos tem como vantagem a conveniência preservando a gestão a segurança e o controle das informações.

Agora sim… nuvem hibrida – nesse modelo já é percebida a junção de ambas, podemos dizer que um conjunto de combinação, orquestração e automação de serviços.

O objetivo é aproveitar os benefícios da nuvem pública num ambiente unificado e escalável aproveitando a infraestrutura e mantendo o controle.

 

Agora somente um adendo…a preocupação com interrupção dos serviços surgiu um outro termo, o mulitcloud que é um mix de vários fornecedores de infraestrutura como um serviço, essa prática ajuda também na negociação e busca por preços mais competitivos.

 

A maioria das empresas estão descobrindo que a nuvem hibrida funciona num conjunto um pouco mais seguro já que será responsável pela divisão dos serviços causando um equilíbrio entre o “físico” e a nuvem.

Esse balanceamento é muito importante, pois nem todos os modelos de empresa pode adotar a nuvem em 100% como é o caso do setor financeiro que possuem restrições de informações que podem ser armazenados na nuvem.

Portanto é importante a sinergia das áreas e dos gestores no momento da adoção desses serviços para que possam definir o que é mais e menos crítico e estabelecer políticas de uso.

Bem agora que os conceitos já estão mais definidos… O que deve ser considerado na implantação da nuvem???

O benefício de estar inteiramente na nuvem ou usando uma abordagem hibrida onde pode ter um servidor invisível que você possa expandir quando e como quiser e dispor de recursos configuráveis e mais adaptáveis aos negócios da empresa é importante pensar num equilíbrio estratégico entre a nuvem e o tradicional.

Para que não tenha erros no projeto, é importante responder algumas perguntas:

# Infraestrutura: O que é requisito para a empresa e para o usuário, compatibilidade entre a nuvem e os servidores locais seja em hardwares e/ou softwares.

# Planejamento: Planejar o que vai e para onde vai, se vai virtualizar, estabelecer prioridades e necessidades, dividir carga de trabalho na nuvem e no ambiente físico e os meios de acesso.

# Orçamento: O budget para o projeto definirá até pode ir, se vai começar de forma tímida e pequena ou mais agressiva.

# Mão de obra especializada: Aparentemente é fácil, mas a integração entre softwares, hardwares e a nuvem é necessário conhecimento e uma mão de obra especializada garantirá o sucesso do projeto.

# Escalabilidade: o crescimento e o desempenho do trafego dos seus dados são fatores importantes para direcioná-lo na tomada de decisão, se expandirá sua rede, se precisa trocar de servidor.

# Segurança: É sempre uma grande preocupação quando o assunto é segurança. Se sua empresa possui dados mais sensíveis o ideal é manter uma nuvem hibrida onde o profissional de TI possa gerenciar esses dados de forma mais segura.

Certamente existem mais considerações a serem feitas antes de implantar um serviço de nuvem, acima estão as mais comuns, portanto deve ser planejada dentro do cenário da empresa.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.