A evolução é um processo continuo e inovar é com certeza o melhor meio de unir as duas pontas. Quando falamos de vigilância, temos a preocupação de adquirir um sistema que tenha um custo agradável ao bolso e de fácil operação. Que tenha uma boa qualidade de imagem, um custo baixo de manutenção e por fim que a relação custo x benefício seja interessante a quem for utilizar.

Por isso, se em nenhum momento pensou nesse assunto, é provável que você esteja em alguma dessas situações:

  1. Não tem nenhum sistema de vigilância
  2. Já tem um sistema de vigilância, porém, este é antigo, com câmeras analógicas, com péssima qualidade de imagem e custo alto de manutenção e operação.

Vamos abordar inicialmente a situação, caso tenha um sistema antigo, a mudança para um sistema de segurança de vídeo baseado em IP (tecnologia mais recente em se tratando de vigilância), pode fazer com que você pense em altos custos e muitos desafios. No entanto, a migração para IP pode ser feita facilmente e passo a passo, permitindo que você faça investimentos paulatinos e aproveite os poderosos recursos de um sistema baseado em IP e, ao longo desse caminho, perceberá que a relação custo benefício será bem satisfatória.

Atualmente, os sistemas de câmeras analógicas já apresentam algumas falhas consideráveis tais como:

  • Baixa qualidade de dados dos vídeos
  • Necessidade de quantidades maiores de espaço de armazenamento e sem nenhum gerenciamento.
  • Maneira inconveniente de rever as imagens por conta dos meios físicos de resgate.

Como já dissemos, a mudança para tecnologia IP pode ser feita de forma gradativa, não requerendo muito esforço financeiro. Um sistema de segurança eletrônica baseada em tecnologia IP, oferece inúmeras opções de segurança, pois age com precisão em casos de eventos indesejados além da melhora dos serviços nas operações diárias.

Passo a passo

1 – Sugerimos inicialmente a troca do equipamento central por um sistema que comporte câmeras IP´s, câmeras HD´s e câmeras analógicas.

2 – É importante a adequação do cabeamento, isso significa verificar que tipo de cabo está instalado e se for o caso trocar pelo cabo de rede, utilizando Balluns nas pontas, esses são responsáveis em casar o sinal entre a central e a câmera.

3 – Trocar as câmeras gradativamente de analógicas para HD´s ou até IP´s, obtendo assim considerável melhora nas imagens, nos recursos e funcionalidades da central de vigilância.

4 – Configurar para acesso remoto e Backup em nuvem.

Pronto! você já está com um modesto planejamento de investimento de um sistema de vigilância moderno.

A seguir, alguns benefícios do sistema de vigilância IP.

  • A qualidade de imagem é infinitamente melhor, enquanto câmeras de vigilância analógicas capturam imagens no formato PAL ou NTSC de baixo grau, o IP abre as portas para fluxos de vídeo full-HD, tendo como resultado, a qualidade das imagens que as câmeras gravam.
  • A forma de armazenamento dos dados é outro diferencial, os sistemas de vigilância analógicos é feito e visualizado através de DVR’s e em apenas um único local, o sistema de vigilância baseada em IP é armazenado em servidores, permitindo o máximo de espaço de armazenagem necessário possibilitando a gravação e o gerenciamento de vídeo de forma mais inteligente e de vários locais.
  • A rede IP também permite a transferência de sinais de vídeo de outras fontes da rede para qualquer outro destino desejado, o que significa que as imagens ao vivo poderão ser visualizadas na central de controle e ter o fluxo duplicado e enviado para um HD externo ou ser armazenado na nuvem.  Essa transmissão poderá ser facilmente feita e com baixa carga de rede.
  • Flexibilidade, escalabilidade e um nível mais alto de segurança de dados são todas vantagens da tecnologia IP.

Agora caso você não tenha um sistema de vigilância, o ideal é contratar uma empresa especializada que possa desenhar um projeto e possa acompanhá-lo desde a instalação a conclusão e ainda possa ofertar manutenção do sistema.

É muito importante que você tenha um projeto em mãos e que os equipamentos que serão utilizados na instalação sejam de qualidade, não compre sem uma consultoria, sem um certo conhecimento, negocie um preço justo de forma que o prestador possa te passar o projeto descrito e detalhado, lembrando que é sempre bom ter mais de um orçamento, portanto, contate pelo menos mais duas empresas.

Além de pesquisar valores, não esqueça de medir também a qualidade dos serviços dessas empresas, é sempre bom ter referencias para que não haja prejuízos.

Procure equipamentos de vigilância que sejam híbridos, pois, assim, você terá condições de instalar câmeras IP, HD´s e analógicas …

Faça uma infraestrutura para câmeras IP´s, o custo para infraestrutura de câmera HD e/ou analógica é muito semelhante, a ideia é você que esteja pronto e adequado para instalar todos os tipos de câmeras existentes no mercado de segurança.

Considerações

A mudança para um sistema de segurança baseado em IP não pede para você desistir dos seus dispositivos analógicos e do seu controle atual de acesso até porque esse investimento poderá encarecer muito se optar por uma troca radical e imediata e não de forma gradativa como sugerimos acima.

A Castelmar Tecnologia tem soluções para uma migração para IP de forma simples. Podemos oferecer soluções de segurança de vídeo analógicas, híbridas ou baseada em IP, os dispositivos de segurança IP são escalonáveis ​​e podem ser adicionados ou removidos de sua rede a qualquer momento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.