COMUNICADO

A Microsoft, tem o compromisso de apoiar todas as organizações em sua jornada de transformação digital. Para isso, investe não apenas em tecnologia, mas também na experiência do cliente, desde a aquisição, suporte até o pós-venda.
Isso facilita a promoção de novas ofertas de comercialização da Microsoft eliminando aquisições que não atendem mais às necessidades do cliente.

MUDANÇAS E OPÇÕES DE MIGRAÇÃO

Com o fim do licenciamento Open, o cliente final não poderá mais adquirir ou renovar licenças dessa modalidade de contratação e, portanto, terá que migrar para outros contratos. Como alternativa existe os contratos *Open Value, **Open Value Subscription ou pelo CSP sendo esse o mais recomendado, pois dará ao cliente a flexibilidade de licenciamento que precisará como parte de sua transformação digital.

O CSP

 No programa CSP, o cliente continuará comprando licenças de softwares e adicionando serviços online.  Qualquer token de serviço online não utilizado ainda poderá ser alocado e usado, mesmo depois de 1º de janeiro de 2022, se estiver dentro do prazo de cinco anos.

Os benefícios do Contrato Open Licencing quando migrados para o contrato CSP – Cloud Solution Provider, manterá a licença perpétua, mas deixará de ser registrada no VLSC (volume licensing service center) e passará ser registrada no Partner Center sendo necessário que o cliente final aceite essa transferência através de contrato que será encaminhado pela Microsoft. Esse processo terá início dia 02/01/2022


É importante que o cliente tenha acesso ao seu VLSC para que consiga fazer a transferência das licenças para o portal Partner Center.  

Fonte: Microsoft Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.